Aconteceu

Confira alguns destaques da semana do IRB no Aconteceu de hoje:

 

TCU apresenta trajetória profissional de combate à fraude e corrupção para Rede INFOCONTAS e Comitê de Gestão de Pessoas do IRB

Na sexta-feira (13) a Secretaria de Combate à fraude e corrupção do TCU junto com o ISC apresentaram o projeto de trajetória profissional de combate à fraude e corrupção para a Rede INFOCONTAS e Comitê de Gestão de Pessoas do IRB.

Após definir as atividades de inteligência e controle relacionadas ao combate à fraude e corrupção, os técnicos do TCU mapearam os conhecimentos, habilidades e comportamentos esperados pelos auditores nas atividades de inteligência em sete competências básicas:

  1. Avaliação de riscos de fraude e corrupção
  2. Ferramentas de análise de dados
  3. Construção de tipologias
  4. Estabelecimento de parcerias
  5. Inteligência de controle externo
  6. Prevenção
  7. Punição

As trajetórias profissionais já vem sendo trabalhada em rede pelas Escolas de Contas, rede de gestão de pessoas e TCU. Por este trabalho em rede, já foram realizadas as oficinas para criação de trajetórias profissionais, mapeamento das competências de auditoria (quadro nacional de competências profissionais de auditoria) e de gestão de pessoas.

Encontro Nacional dos Tribunais de Contas 

Um dos eventos mais esperados do controle externo brasileiro, o VII Encontro Nacional dos TCs, foi realizado em formato virtual com grande audiência. Pautado no tema “O Tribunal de Contas Contemporâneo e o mundo pós-pandemia: mudanças no controle externo e interação com a sociedade” o ENTC é um evento realizado pela Atricon, em parceria com o IRB, a Abracom e a Audicon, com o apoio do CNPT e o patrocínio do Sebrae, a quem coube, na pessoa de Bruno Quick, diretor técnico do órgão, a primeira mensagem aos participantes.

Na abertura do evento, o O conselheiro Ivan Bonilha (TCE-PR), presidente do IRB, salientou os Tribunais de Contas têm realçado a importância do seu papel institucional nesses tempos de pandemia. De acordo com ele, as Cortes de Contas brasileiras não tardaram em adequar suas ações às novas necessidades.

O primeiro dia de evento (19) foi encerrada com o painel do IRB sobre Avaliação de Políticas Públicas. O painel contou com a participação do presidente da Corte de Contas da França Pierre Moscovici; Estela Souto, consultora de políticas públicas na OCDE; Conselheiro Sebastião Helvécio (TCE-MG) e Edgar Guimarães, presidente do IPDA.

Estela Souto, Conselheiro Sebastião Helvécio (TCE-MG) e Edgar Guimarães participaram do painel.
O Presidente da Corte de Contas da França, Pierre Moscovici, elaborou uma apresentação gravada para o evento.

Em sua exposição, o presidente Pierre Moscovici discorreu sobre a sistemática de atuação da Corte de Contas da França que, além da fiscalização, também avalia as políticas públicas. Para o conselheiro Sebastião Helvécio, isso é um modelo que se assemelha ao brasileiro. Ele complementou dizendo que “o Brasil tem nível de liderança no modelo de auditoria”.

Os Tribunais de Contas são constitucionalmente legitimados para a fiscalização das políticas públicas e da boa aplicação dos recursos públicos, que devem materializar os direitos assegurados a todos os cidadãos brasileiros. Foi o que disse o presidente do IPDA, Edgar Guimarães.

A consultora de políticas públicas na OCDE Estela Souto, em determinado ponto da sua participação, disse que é preciso selecionar as auditorias em ordem prioritária, como quesito fundamental para o alcance da efetividade das políticas públicas.

*Com informações da Ascom Atricon (Ridismar Moraes). Para mais informações sobre os outros painéis do evento, acesse aqui.

Reunião do Comitê de TI do IRB discute segurança da informação dos TCs

Na segunda (16), o Comitê de Tecnologia, Governança e Segurança da Informação dos TCs se reuniu para continuidade dos trabalhos. Em pauta, foram apresentadas ações para melhoria da segurança da informação nos Tribunais de Contas brasileiros.

O Comitê, antenado com as recentes ameaças às informações de servidores de algumas instituições nacionais, se mobilizou para a criar um grupo permanente na área de segurança. O grupo será composto por técnicos, indicados por cada Tribunal de Contas, que cultivarão um ambiente para a troca constante de informações. Assim, o Comitê de TI do IRB pode apoiar e orientar todos os Tribunais de Contas quanto a segurança.

Saiba mais sobre as ações do comitê aqui. 

Reunião da Diretoria da ATRICON

Na segunda também aconteceu a 4ª Reunião da Diretoria da Atricon, relativa ao biênio 20/21. Na pauta, o VII Encontro Nacional dos Tribunais de Contas, Modelo de avaliação remota do Marco de Medição de Desempenho dos Tribunais de Contas, Apresentação da Secretaria de Previdência Complementar, Resolução sobre prescritibilidade da pretensão ressarcitória, e outros informes gerais. O Presidente do IRB, Conselheiro Ivan Lelis Bonilha, compareceu na reunião.

Saiba mais sobre a reunião aqui.

Reunião do TCU com Presidentes de TCs

Solicitada pelo Presidente do Tribunal de Contas da União, José Mucio Monteiro, a reunião do dia 17 contou com a presença dos líderes das Cortes de Contas brasileiras, a fim de tratar da importante discussão sobre os desafios da pandemia sobre a Administração Pública e ao Controle externo.

O Tribunal de Contas da União vem realizando acompanhamento com o objetivo de avaliar a estrutura de governança montada para o combate a crise gerada pelo novo coronavírus, bem como os atos referentes a execução de despesas públicas, sob os aspectos da legalidade, legitimidade, economicidade, eficiência e efetividade.

O TCU avalia a possibilidade da realização de auditoria coordenada para avaliar as ações de enfrentamento à crise e os atos relacionados a execução de despesas públicas. A reunião com os diversos órgãos de controle externo tratou de alguns detalhes como cronograma, características e resultados pretendidos, acerca da auditoria coordenada.

Preparativos da ENCCLA para o lançamento oficial do Portal IRB Conhecimento

IRB Conhecimento

Desde 2018 o IRB vem trabalhando junto com a Rede das Escolas de Contas no desenvolvimento de um portal, no site do IRB, para divulgar, de forma organizada, as ações de capacitação produzidas pelas Escolas de Contas.

Ao tomar conhecimento desta ação, o grupo que coordena a ação 10 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro convidou as Escolas de Contas, por meio do IRB, para que o Portal IRB Conhecimento fosse também a plataforma de divulgação de ações de capacitação gratuitas e online de outras Escolas de Governo e entidades parceiras da ENCCLA.

“Capacitações para o fortalecimento da cidadania” é o slogan do Portal.

Nessa semana, as entidades se reuniram para alinhar a estratégia de divulgação do principal produto da ação 10 – O portal IRB Conhecimento. O lançamento oficial tem previsão de acontecer no início do mês de dezembro, onde são divulgadas as ações de capacitação dos Tribunais de Contas e Entidades Parceiras da ENCCLA.

TCU divulga avaliação positiva do ENCO 2020

Ocorrido nos dias 9 e 10 de novembro, o Encontro Nacional de Corregedorias e Ouvidorias dos Tribunais de Contas do Brasil foi avaliado como “Muito Satisfatório” em todos os itens. Os participantes apontaram, como pontos fortes,  a excelência dos palestrantes, o alcance do evento para espectadores externos e o foco na LGPD.

O resultado completo da avaliação de satisfação do evento se encontra disponível aqui. 

 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Missão

“Promover a integração, o desenvolvimento e o aperfeiçoamento dos métodos e procedimentos de controle externo, aproximando instituições e sociedade, de modo a fortalecer ações que beneficiem a coletividade”

Visão

“Ser referência no conhecimento e na promoção da qualificação e da integração dos órgãos de controle externo”

Sede do IRB
Subsede – “Endereço para correspondências”
Rolar para cima