AGENDA AMBIENTAL DO IRB PARA O BIÊNIO 2022-2023 É DISCUTIDA EM REUNIÃO DO COMITÊ TÉCNICO

O Comitê Técnico de Meio Ambiente e Sustentabilidade (CT) do Instituto Rui Barbosa (IRB) esteve reunido na última semana para debater sobre os objetivos e projetos para o biênio de 2022-2023.

Durante a reunião, na modalidade on-line, o presidente do CT, conselheiro Júlio Assis Corrêa Pinheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), em conjunto com os demais participantes, estabeleceram as metas do grupo.

Dentre estas estão a promoção de estudos e pesquisas de métodos e procedimentos no controle externo e interno que contribuam com o desenvolvimento e aperfeiçoamento das atividades na área do Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Também foi estabelecido o incentivo a publicação de obras e difusão de conhecimento comprometidos com a agenda ambiental do IRB. Bem como auxiliar tecnicamente o Instituto e os Tribunais de Contas acerca de informações e ferramentas para o desempenho das auditorias na área.

Outro ponto estabelecido foi o da realização de seminários com abordagem sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e assuntos correlatos.

Um dos assuntos que será tema de seminário ou curso promovido pelo Comitê é a Nova Lei de Saneamento Básico. Como também o lançamento do livro “Resíduos Sólidos – Municípios do Amazonas”.

Do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, TCE-CE, participou o conselheiro Rholden Queiroz.

 

Facebook
Twitter
WhatsApp
Rolar para cima