Diretoria do Instituto Rui Barbosa (IRB), reunida em 06 de setembro aprova Normas Brasileiras de Auditoria – Nível 3 (NBASP)

10 de setembro de 2019 por em Notícias

A reunião da Diretoria do IRB, realizada nas dependências do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), no último dia 06 de setembro, contou com apresentação feita pelo representante da Agência de Comércio Americana (USTDA) sobre os projetos que apoiam no Brasil e sobre o desejo de estreitar relações com os Tribunais de Contas.
O representante da Agência, Rodrigo Mota, tratou especialmente da parceria global de compras apoiada pela USTDA e sobre a disseminação e a oferta de capacitações custeadas pela Agência para auditores e conselheiros acerca do modelo de aquisições de melhor valor (best value), a principal metodologia de compras adotada pelo governo americano, que nem sempre busca o menor preço, mas o melhor valor da prestação do serviço para a população.
O conselheiro Inaldo Araújo (TCE-BA), Vice-presidente de Auditorias do IRB elogiou a iniciativa da agência americana e questionou o representante sobre a possibilidade de ampliar o intercâmbio para outros campos em que a integração possa trazer maior aproximação entre as instituições dos dois países, sobretudo entre os Tribunais de Contas e o GAO – General Audit Office.
O representante da USTDA apoiou a proposta do conselheiro Inaldo Araújo e se colocou à disposição para trabalhar pelo avanço na cooperação entre todos os países integrantes da parceria global de compras, sobretudo com a criação de canais adicionais de comunicação e intercâmbio.

Ainda em sua fala, o conselheiro Inaldo Araújo explanou sobre o trabalho desenvolvido pelo IRB, com a implementação das Normas Brasileiras de Auditoria do Setor Público (NBASP) e sobre o produto final desse esforço, que resultou no Nível 3 das Normas (NBASP-3). Após debates entre os conselheiros, foram submetidas à votação pela diretoria do IRB e aprovadas as NBASP 3000, Normas para Auditoria Operacional, e NBASP 4000, Normas para Auditoria de Conformidade.
Vencida a aprovação, o presidente do IRB, conselheiro Ivan Bonilha, registrou que as consultas às NBASP já estão entre as maiores taxas de visualização na página do IRB na internet, inclusive com muitas visitas oriundas de outros países de língua portuguesa, com destaque para Moçambique. Outro destaque que chamou atenção da diretoria foi o grande número de acessos a agenda IRB, no site, que tem se tornado a “agenda do controle externo brasileiro”.
Também foram tratados outros temas relevantes pelos diretores, como o andamento das ações estratégicas que estão sendo implementadas pelo IRB, além de informações sobre os preparativos para o I Congresso Internacional de Controle Externo (I CITC) deste ano, e também para as eleições do corpo diretivo para o biênio 2020-2021, bem como para a solenidade de comemoração da passagem dos 46 anos do IRB.

    Cartão