Fórum Nacional de Auditoria ressalta necessidade de foco na qualidade do serviço público

11 de maio de 2019 por em Notícias

Auditorias no setor público são feitas para melhorar os serviços públicos ou para vigiar e punir? O gerente de Desenvolvimento e Políticas Públicas do IRB, Nelson Nei Granato Neto, fez essa provocação aos presentes durante sua palestra sobre “Estrutura das Normas da INTOSAI”.

Granato Neto traçou um paralelo com a indústria de aviação, que realiza  investigações dos acidentes aéreos seguindo rigorosamente as regras e metas pré-estabelecidas, sempre documentando todas as etapas do trabalho,  com o intuito de desvendar de fato o que aconteceu e, assim, evitar que algo semelhante se repita. Ele sugeriu que a mesma postura seja adotada pelos analistas/auditores de controle externo e Tribunais de Contas.

Nelson Nei Granato Neto, gerente de Desenvolvimento e Políticas Públicas do IRB

Normas devem ser vistas como orientadoras de atuação

O gerente de Desenvolvimento e Políticas Públicas do IRB mencionou  a importância das normas, que devem ser vistas não como um fator para engessar o trabalho, mas como orientadoras da atuação. Ele mostrou um histórico da consolidação das normas de auditoria no setor público no Brasil, em paralelo com as mudanças das normas emitidas pela INTOSAI (Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores) e mostrou o quanto a estrutura das normas brasileiras é semelhante à das Normas Internacionais das Entidades Fiscalizadoras Superiores (ISSAIS).

O Fórum Nacional de Auditoria, realizado nos dias 9 e 10 de maio em Goiânia, foi a terceira edição do evento que está sendo levado às regiões do país.

Fonte: ASCOM/TCE-GO

    Cartão