PESQUISA REALIZADA PELO CT DE GESTÃO DE PESSOAS DO IRB É USADO COMO BASE PARA CARTILHA SOBRE TELETRABALHO DO TCM-GO

O Relatório de Diretrizes para o Teletrabalho elaborado pelo Comitê Técnico de Gestão de Pessoas do Instituto Rui Barbosa (IRB) foi usado como base para a elaboração de cartilha de perguntas e respostas sobre a modalidade de trabalho remota desenvolvida pelo Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCE-GO).

 

A pesquisa realizada pelo CT, presidido pelo conselheiro-presidente do TCM-GO, Joaquim Alves de Castro Neto, contou com a participação de 7.500 servidores de todos os Tribunais de Contas do Brasil. O estudo evidenciou a relevância e oportunidade da elaboração de diretrizes específicas, que possam abranger os distintos aspectos do teletrabalho e seus impactos, tais como: as condições físicas e emocionais dos servidores, a estrutura física e tecnológica necessária, aspectos de gestão, liderança, aferição de desempenho e competências necessárias à boa execução desse regime de trabalho.

 

A cartilha lançada pelo TCM goiano foi regulamentada pela Resolução Administrativa RA TCM-GO n° 177/2021. O documento passou por adequações para a realidade do TCM-GO.

 

Confira a Cartilha clique aqui!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Rolar para cima