Presidente do IRB participa de sessão solene do Congresso Nacional em homenagem às micro e pequenas empresas

Equipe Instituto Rui Barbosa
Presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melle (à esquerda); Presidente do IRB, Conselheiro Edilberto Pontes (ao centro); e o Diretor do Sebrae Nacional, Bruno Quick (à direita).

Parceiro institucional do Sebrae Nacional, o Instituto Rui Barbosa (IRB) esteve representado pelo seu Presidente, Conselheiro Edilberto Pontes, durante a realização da Sessão Solene do Congresso Nacional em homenagem às micro e pequenas empresas brasileiras (MPE), em virtude do Dia Nacional das MPE, celebrado anualmente na data de 05 de outubro.

A cerimônia aconteceu no Plenário do Senado Federal, na última segunda-feira (28/11), e atendeu ao pedido da Senadora Ivete da Silveira (MDB-SC), que presidiu a Mesa na ocasião, e da Deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), presidente em exercício da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas.

A Senadora Ivete da Silveira, ressaltou que a representatividade das MPE demonstram a vitalidade dos micros e pequenos negócios, mas indicam ainda que é necessário investir nesse segmento, cada vez mais, tendo em vista principalmente o seu potencial de geração de emprego, renda e inovação.

Presidente em exercício da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC).

“São números que impressionam. Segundo dados do Sebrae Nacional, das cerca de 19 milhões de empresas existentes no país, 17,2 milhões são de micros e pequenos empreendimentos. Respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado, o que equivale à manutenção de 18,6 milhões dos empregos formais”, finalizou a Senadora.

Presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles.

A Deputada Carmen Zanotto, por sua vez, destacou que as micro e pequenas empresas são a força de trabalho do país. “Muitos não compreendem quando falamos de micro e pequena empresa. É a panificadora pequena da esquina do nosso bairro, o salão de beleza, a costureira, é a força de trabalho composta por mais de 50% de mulheres. São com esses empregos que as micros e pequenas empresas mostraram a sua força nos últimos meses, com a abertura de 70% de novas vagas do mercado de trabalho formal”, pontuou Carmen Zanotto.

Em sua fala, o Presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, aproveitou o momento para ressaltar as principais conquistas das MPE nos últimos anos, com apoio dos parlamentares, garantindo a melhoria no ambiente de negócios. “Foi aqui que nasceu a Lei das Micro e Pequenas Empresas, que tirou os brasileiros da informalidade, garantindo empregos e dando dignidade ao povo. Saímos de 53 dias para abrir uma empresa para um dia. Temos 14 milhões de microempreendedores individuais (MEI). É uma grande vitória”, comemorou o Presidente do Sebrae Nacional.