Livraria

Relatório de Atividades do IRB – 2017

...

Descrição

O Instituto Rui Barbosa (IRB) – agora denominado a Casa do Conhecimento dos Tribunais de Contas – é uma associação civil, sem fins lucrativos, de caráter nacional, com prazo de duração indeterminado, fundada em 1973 com a finalidade de aprimorar as atividades exercidas pelos Tribunais de Contas brasileiros, promovendo o desenvolvimento e o aperfeiçoamento dos serviços prestados mediante a produção do conhecimento, pesquisa e capacitação.
Construído com ações baseadas em princípios e valores, o Instituto tem desempenhado de forma competente seu papel de afirmar e promover o Controle Externo no Brasil como um dos pilares do Estado Democrático contemporâneo e, deste modo, encerra o ano de 2017 com um balanço que notabiliza a maturidade de sua existência.
Registre-se a grande contribuição da diretoria para a valorização dos Tribunais de Contas, no sentido do trabalho feito em parceria e colaboração com o fim comum de garantir a prevalência do interesse público e da doutrina federativa. Ao Instituto Rui Barbosa coube estimular o intercâmbio entre todos os Tribunais de Contas do Brasil e divulgar as suas boas práticas, desenvolvidas de modo independente e autônomo.
A produção do conhecimento foi estratégia adotada. Beneficiando-se do que existe de mais moderno no cenário mundial do Controle, a diretoria do IRB, a Casa do Conhecimento dos Tribunais de Contas, buscou a interlocução com a Academia, valorizando o ensino, a pesquisa, a extensão e sedimentando um caminho harmonioso e convergente.
Neste ano de 2017 implantou-se a fixação de uma política de contenção de gastos, inclusive a fim de oferecer programa nacional de interesse dos Tribunais de Contas, possibilitou o superávit das contas do IRB.
É de se realçar que os Tribunais de Contas são o guardião do erário e que a qualidade do gasto público é tão importante quanto a quantidade; seguindo este preceito, a entrega à sociedade de produtos que melhorem a vida das pessoas esteve na alça do trabalho desenvolvido pelo IRB durante o ano de 2017.
No Relatório de Atividades que ora se apresenta é possível verificar que são robustos os resultados alcançados tanto no aspecto qualitativo como no quantitativo.

    Cartão