SEMINÁRIO DE GESTORES PÚBLICOS – PREFEITOS CEARÁ 2022 PROPORCIONOU AÇÕES TÉCNICO-CIENTÍFICAS DE DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO E BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO PÚBLICA

A décima edição do Seminário de Gestores Públicos – Prefeitos Ceará 2022 foi encerrada hoje (23/06), com uma programação dividida em dois palcos com a realização de palestras simultâneas, e utilizando a tecnologia de transmissão silenciosa, onde cada participante recebe um headphone individual para ser sintonizado no canal referente à palestra que pretende ser assistida.

Este segundo dia de Seminário iniciou-se com um momento destinado à visitação aos estandes das instituições parceiras do evento, onde os participantes tiveram a oportunidade de conhecer propostas inovadoras e construir networking nas mais diversas áreas voltadas à Administração Pública.

Palco 1

A programação da manhã, referente ao Palco 1, foi iniciada com a apresentação do Painel 03: Desenvolvimento e sustentabilidade, mediado pelo Vice-Presidente da Região Nordeste da Federação das Câmaras de Comércio Exterior (FCCE), Dr. Rômulo Alexandre Soares. Integraram como palestrantes nesse painel, o Secretário Executivo do Comércio, Serviço e Inovação da SEDET, Júlio Cavalcante, que falou sobre ambientes de negócios inovadores no Ceará; a Advogada Laizi Fracalossi, abordando os modelos alternativos de financiamento de projetos; e, finalizando esse painel, o Sócio-Fundador da Radar PPP, discorrendo sobre as Parcerias Público-Privadas e as Concessões em âmbito municipal.

Logo após, ainda pela manhã, foi apresentado o Painel 05 – Evolução das cidades inteligentes e o impacto na desigualdade, conduzido pelo Secretário Executivo do Instituto Plácido Castelo (IPC – TCE Ceará), Paulo Alcântara Saraiva Leão. Falando sobre tecnologia, conexão, transformação digital e inovação na Gestão Pública, o CEO da Geodireito-Geocracia, Luiz Ugeda, iniciou as palestras do painel. Dando continuidade às palestras, os Professores Doutores da Universidade de São Paulo (USP), Luciano Vieira de Araújo e Ana Carla Bliacheriene, explanaram sobre “Tecnologia, Conexão, Transformação Digital e Inovação na Gestão Pública” e “Gestão de cidades inteligentes – O impacto da Lei do Governo Digital nos Municípios”, respectivamente.

Encerrando a programação da manhã, no Palco 1, foi ministrada a palestra: Elaboração de Projetos e sua Capacitação de Recursos junto a Financiadores dos Setores, Públicos, Privados e Terceiro Setor Nacionais e Internacionais, pelo representante da Ricardo Falcão Consultoria e Planejamento, Prof. Ricardo Falcão.

Iniciando o turno da tarde, foi apresentado o Painel 07 – Ouvidorias como Instrumento de Gestão, mediado pelo Secretário Executivo da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará, Marconi Lemos. Palestraram nesse painel: o Assessor Técnico da Ouvidoria do TCE Ceará, Virgílio Freire, com o tema “A Ouvidoria transversal e o seu poder de influência nas organizações”; Ouvidor-Geral Adjunto da União (OGU), Fábio do Valle Valgas da Silva, falando sobre as Ouvidorias municipais enquanto instância de Governança; e o Coordenador do Centro de Referência em Direitos Humanos – SPS, Franklin Dantas, discorrendo sobre Ouvidorias no trato com a inclusão de vulneráveis e violações de Direitos Humanos.

Encerrando a programação do Palco 1, foram ministradas três palestras com as temáticas: “Implantação de MAPP municipal: Como gerar resultados concretos com o monitoramento de projetos”, ministrada pelo Sócio da EXP Consultoria, Francinildo Coura; “Gestão Regionalizada do Trânsito no Estado do Ceará: Uma proposta de Consórcios Municipais”, apresentada pelo Secretário Executivo de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Secretaria das Cidades do Ceará, Claudio Ricardo Gomes de Lima; e a Pós-doutora em Tecnologias e Serviços de Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto-Portugal, Christina Praça, falou sobre a “Importância do Ensino de Graduação e Pós-Graduação no Processo de Excelência Profissional”.

Palco 2

A programação do Palco 2 foi constituída por apresentação de painéis temáticos e palestras, inciando com o Painel 04 – Novas oportunidades de negócios para os municípios, mediado pelo Consultor de projetos e políticas públicas, Josbertini Clementino. As palestras nesse painel foram ministradas pelo Consultor de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Jurandir Picanço, falando sobre Hidrogênio Verde; o Coordenador de Energia da FIEC, abordou o tema “energias renováveis – como o meu município pode ganhar com isso?”; e o Diretor Superintendente do SEBRAE Ceará, Joaquim Cartaxo Filho, falou sobre geração de emprego e renda.

O Painel 06 – Integridade, Compliance e a Nova Lei de Improbidade Administrativa, foi conduzido pelo Conselheiro Edilberto Pontes, Presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB) e Vice-Presidente do TCE Ceará. Foram convidados a palestrar nesse painel: o Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União, Leonino Gomes Rocha, falando sobre O papel da alta administração no fortalecimento da integridade; o Conselheiro Vice-Presidente de Controle Interno do CRC-CE, Wesmey Silva, abordou o Sistema de Controle Interno Municipal como instrumento de apoio à Governança; e o Promotor de Justiça no Ministério Público do Estado do Ceará, Rafhael Nepomuceno, finalizou o painel destacando a nova Lei de Improbidade e as mudanças na legislação.

A programação da manhã foi concluída com a apresentação do case: Negócios Criativos como oportunidade aos municípios, conduzido pelo Prefeito Municipal de Baturité-CE, Herberlh Mota; e a Palestra “Modernização do Sistema Previdenciário”, proferida pelo Presidente da Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará – Cearaprev, João Marcos Maia.

O turno da tarde foi iniciado com o Painel 08 – Cultura e Turismo como ferramenta de desenvolvimento econômico para os municípios, mediado pelo Assessor da Diretoria do Senac Ceará, Isaac Coimbra Pinheiro. Como palestrantes se apresentaram: Débora Moraes da Cunha Gonçalves, Diretora de Atração de Investimentos; Marta Feitosa, Analista Técnica de Turismo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM); Elias Zinczuk, Assessor especial para o Ceará da Confederação Nacional dos Municípios (CNM); Fabiano Piúba, Secretário de Cultura do Estado do Ceará; e Ana Clévia Guerreiro Lima, Mestre em Gestão de Negócios Turísticos pela Universidade Estadual do Ceará; os palestrantes debateram sobre cultura, turismo e atração de investimentos.

A palestra: Cidades GOV.BR sua cidade mais digital e conectada, proferida pelo Gerente de departamento de Negócios para Estados e Municípios pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), Anderson Roberto Germano, encerrou a programação do Palco 2.

Edições IPC

Durante a programação do segundo dia de Seminário, o Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo (IPC), Escola de Gestão do TCE Ceará, lançou o Edições IPC, iniciativa que visa compartilhar as obras técnico-científicas produzidas no âmbito da Escola de Contas.

A primeira publicação, intitulada “Riscos e Fraudes no Setor Público: Ensaios e Estudos de Casos para o Estado do Ceará”, apresenta um copilado do trabalho realizado pelo Núcleo de Pesquisas do IPC (NUPESQ), com o apoio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Ceará (FUNCAP), a partir do Programa Cientista Chefe.

O acesso à obra é realizado de forma virtual (e-book), e pode ser lido clicando nesse link: clique aqui.

Instituto Rui Barbosa – Parceiro Institucional do Seminário

” O Instituto Rui Barbosa tem a honra de ser parceiro do Seminário Prefeitos Ceará. Um evento importantíssimo, com troca de experiências e boas práticas, um evento tradicional no Estado de Ceará, e que tem dado bons resultados”. Conselheiro Edilberto Pontes – Presidente o Instituto Rui Barbosa

Facebook
Twitter
WhatsApp
Rolar para cima