Projeto OCDE-IRB-Atricon é um marco na evolução dos TCs

22 de abril de 2019 por em Notícias

Um dos programas essenciais para os TCs é a integração do controle externo, especialmente nas políticas descentralizadas. Isso significa conduzir ações de forma compartilhada na busca de soluções para os diversos problemas educacionais do país.

Nesse sentido, o Projeto Integrar destaca-se. É um programa de governança multinível resultado de parceria entre OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), Tribunal de Contas da União (TCU), Instituto Rui Barbosa (IRB) e a Associação de Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon).

O objetivo do Projeto é ir além de auditorias coordenadas, incluindo a institucionalização das estratégias de controle coordenado e a promoção de uma efetiva mudança de cultura. “Queremos melhorar a atuação do sistema de controle externo brasileiro por meio do desenvolvimento de uma estratégia de controle coordenada”, avalia Renata Carvalho, do TCU. Para isso, a estratégia da atuação é dar foco na educação, no trabalho de diagnóstico e mapeamento da área de educação, inicialmente, e traçar um panorama geral sobre o cenário a ser enfrentado, delineando de que maneira as políticas públicas descentralizadas acontecem.

Assista esse vídeo, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre, que trata mais sobre a importância do projeto. E venha somar conosco.

    Cartão