Reunião

Para você não perder nada, preparamos um resumo do que aconteceu na semana do IRB:

 

Continuação da Série de Lives do IRB

Nesta semana o IRB continuou a participar de lives, dialogando com a sociedade e com a advocacia sobre as ações realizadas pelo IRB. Os temas da semana foram a Rede INDICON e os indicadores IEGM/IEGE, bem como as Normas de Auditoria – NBASP.

Aconteceu no IRB

Saiba tudo sobre as lives acessando as matérias completas:

Live com Cons. Sidney Beraldo sobre o índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM)

Live com Cons. Edilberto Pontes sobre AS NBASP

Depois do grande sucesso da Série de Lives, o IRB e a Pironti Advogados prepararam um encerramento para fechar com chave de ouro! A Live será com o Presidente do IRB, Conselheiro Ivan Bonilha e o Pós-Doutor Rodrigo Pironti, que irão debater acerca da NBASP 50 – Princípio da Atividade Jurisdicional dos Tribunais de Contas.⁠

Live de Encerramento

 

Reunião do Comitê de Gestão de Pessoas

Nesta terça (7) o Comitê de Gestão de Pessoas se reuniu para tratar da organização do Encontro Técnico de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas do Brasil que já é um tradicional evento da agenda do Controle Externo e que neste ano estará na sua décima edição.

Inicialmente previsto para ser um evento presencial, no Tribunal de Alagoas, o evento passará a ter formato virtual e acontecerá nos dias 8 e 9 de outubro de 2020. O tema central será “os reflexos da pandemia no setor de gestão de pessoas nas instituições públicas”.

Acompanhe as novidades sobre o evento na agenda do IRB.

 

Webinar de Governança e Desenvolvimento com o Ministro Augusto Nardes

A Rede de Governança, por intermédio das ações de capacitação da Escola de Contas do TCETO, também realizou um importante Webinar sobre Governança. O evento também representa uma iniciativa de juntar ações entre as Escolas de Contas da região norte para compartilharem uma agenda de eventos online.

Portanto, em evento conjunto inédito dos Tribunais de Contas de Região Norte, coordenados pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, foi realizado o Webinar sobre Governança Pública.

Em integração e coordenação entre as Escolas de Contas da região norte, o evento foi aberto pelo Cons. Severiano Costandrade Aguiar.

Na abertura, também, o Cons. Ivan Lelis Bonilha, Presidente do IRB, reconheceu a parceria do IRB com todas as Escolas de Contas, agradecendo o trabalho do Cons. Severiano Aguiar no IRB e das demais entidades, ATRICON e CNPTC, divulgou o Portal IRB Conhecimento que congrega as ações de capacitação das Escolas. O Presidente também reforçou a importância do tema governança neste momento de crise pandêmica.

O papel da governança foi o tema central da palestra do Ministro Augusto Nardes, seguido de debates entre os Presidentes das Cortes de Contas da Região Norte (TCERR – Cons. Cilene Salomão; TCEPA- Cons. Odilon Teixeira; TCMPA – Cons. Sergio Leão; TCERO- Cons. Paulo Curi; TCEAC- Cons. Antonio Cristóvão) que participaram e acompanharam o evento.

Veja a íntegra o evento abaixo:

 

IV Fórum Nacional de Auditoria

Em evento que contou com a participação de mais de 800 pessoas, a avaliação de políticas públicas relacionadas ao COVID e o questionário nacional compilado no SINAQUE foi o tema do quarto Fórum Nacional de Auditoria.

O IRB preparou uma matéria sobre tudo que aconteceu no evento. Acesse aqui.

 

Oficina de metodologia de criação de trajetória profissional com a Rede das Escolas e de Gestão de Pessoas

Na quarta (08) aconteceu o quarto encontro das oficinas online de Trajetórias Profissionais da Rede de Gestão de Pessoas dos TCs e Rede das Escolas de Contas. Na reunião foram repassados recados sobre o site traduzido pelo IRB que compila os documentos usados pela INTOSAI, sobre o Portal IRB Conhecimento e atualização do Banco de Talentos do IRB.

Os Grupos de trabalho destinados para cada competência tinham sido combinados na última reunião da Rede, que são, respectivamente: Educação Coorporativa, Gestão do Conhecimento e Gestão de Pessoas. Na quarta, coube aos integrantes dos grupos apresentarem e discutirem as descrições que atribuíram às competências.

Quer saber mais? Acesse a ata da reunião aqui.

 

Webconferência sobre competências profissionais em aquisições públicas

A ENAP organizou uma conference com várias entidades para debater experiências com mapeamento de competências profissionais do setor de aquisições públicas.

O Professor Thiago Dias Costa, da UFPA, coordena um projeto de mapeamento de competências, de processos e dimensionamento da força de trabalho da área de aquisições e governança. Em 2011 foi criado o GESTCOM com o objetivo de desenvolver soluções para as demandas de gestão da UFPA. Neste projeto, graduandos, mestrandos e doutorandos desenvolvem projetos de soluções das demandas e de tecnologias que auxiliem na gestão.

Um dos projetos do GESTCOM envolve governança das aquisições e teletrabalho. A ideia deste projeto é atender o Acórdão 1679/2015 do TCU que determinou:

De acordo com o Acórdão nº 1679/2015 do TCU “governança das aquisições” consiste no conjunto de mecanismos de liderança, estratégia e controle posto em prática para avaliar, direcionar e monitorar a atuação da gestão das aquisições com objetivo que as aquisições agreguem valor ao negócio da organização, com riscos aceitáveis. O projeto MAPEAMENTO DE COMPETÊNCIAS, DE PROCESSOS E DIMENSIONAMENTO DA FORÇA DE TRABALHO DA ÁREA DE AQUISIÇÕES E GOVERNANÇA DA UFPA tem como objetivo definir o perfil ideal de liderança e liderados para atuação da gestão de aquisições conforme o acórdão. Na primeira fase do projeto, todos os processos relacionados a aquisições da Diretoria de Compras e Serviços foram modelados e transformados em POPs. Na fase seguinte, as competências necessárias para cada atividade foram identificadas e avaliadas junto a cada servidor e seu gestor. Na última fase do projeto, o dimensionamento de força de trabalho está sendo estabelecido de acordo com o prazo médio que um servidor, sem lacunas expressivas de competências, necessita para realizar uma atividade.

Pensando nos eixos definidos no acórdão do TCU, foi desenvolvido o projeto que contém as seguintes fases:

  1. Mapeamento dos processos de aquisição;
  2. Mapeamento de competências, no qual foi estabelecida competência relacionada a cada atividade do processo. Para cada uma das gran
  3. Avaliação de lacunas de competências. O sistema desenvolvido na universidade avaliou a percepção do gestor e do servidor em relação a cada uma das competências, obtendo-se a lacuna das competências.

O projeto ainda dimensionou o tempo em que cada servidor atua em cada atividade. E tudo foi cronometrado no sistema. Com base neste tripé foi possível estabelecer:

  1. Perfil qualitativo dos servidores que tem que ser direcionados ao setor de aquisições;
  2. Perfil quantitativo para cada atividade

Os resultados já alcançados com o projeto foram:

  1. O cruzamento do tempo com o perfil foi possível aferir a produtividade em relação a um tempo médio de execução de cada atividade. Quem está muito acima da média pode estar com problemas vinculados à pandemia, sinal de internet, rotina de teletrabalho, etc. O resultado também pode ser usado para fazer trilhas de aprendizagem. O acompanhamento do gráfico trazido pelo sistema também demonstra o nível de lacuna da competência e o quanto o servidor está utilizando e aproveitando a trilha:

 

A última fase do projeto é a simplificação da modelagem inicial. Foi identificado que quase 30% do tempo da equipe era tomado por processos outros que não faziam parte do processo de aquisições, ex: atendendo telefone tirando dúvidas que poderiam estar modeladas num FAQ ou num formulário. Assim, simplificando processos e tornando-o mais didático, o tempo de atividade do servidor ficará mais otimizado.

O projeto também elaborou dashboards com dados gerenciais para que o gestor possa embasar melhor suas decisões:

Aconteceu

As entidades que tiverem interesse em adquirir saber mais do projeto e ter acesso ao sistema, podem entrar em contato com o Professor pelo email: thiagodias@ufpa.br

Participaram do debate representantes do TJDFT, TSE, BID, ENAP e IRB.

 

IRB se reúne com professores da USP, UFPA, UFU

Nesta quinta (7), o IRB participou de uma reunião com o Grupo de pesquisa do Instituto de Estudos Avançados da USP sobre Resiliência Financeira das Cidades para buscar um Convênio com os Tribunais de Contas para desenvolver estudos em conjunto.

Participam do Grupo de Estudos o professor André Aquino, do IEA-USP, professor André Lino, da UFPA e professor Ricardo Azevedo, da UFU.

Dentre as várias possibilidades de atuação conjunta, as propostas iniciais de trabalho conveniado seriam aquelas relacionadas às Diretrizes da Declaração de Moscou e Carta de Foz do Iguaçu, em especial, o levantamento das aplicações eletrônicas para exploração, mineração e combinação dos dados coletados pelos Tribunais e de como estes dados vêm sendo utilizados para avaliação de políticas públicas pelos Tribunais de Contas.

A proposta de Convênio agora irá ser deliberada pela Diretoria do IRB.

 

Reunião do Comitê de Gestão da Informação

Num trabalho coordenado entre o Comitê de Gestão da Informação e a Vice Presidência de Ensino Pesquisa e Extensão, os membros se reuniram nesta quinta (9) para dar andamento às seguintes ações:

  1. Hot Site COVID: pela importância do assunto, a matéria será destaque na Home do IRB. Além da divulgação dos hot site de cada Tribunal sobre o COVID, o Comitê disponibilizará acesso a um drive que contém os normativos dos Tribunais de Contas relacionados ao enfrentamento da COVID e ao processo de retomada das atividades presenciais. Acesse aqui.
  2. IRB contratará a ABNT para que todos os Tribunais possam ter acesso a mais de 250 normas técnicas: está em fase de conclusão o contrato guarda-chuva entre o IRB e a ABNT para o acesso dos TCs às normas técnicas.
  3. Histórico dos Encontros dos Bibliotecários: o IRB publicou uma página contendo toda a história da rede bibliocontas, seus debates e cartas que marcaram os dez anos de atividades da rede;
  4. BIBLIOCONTAS 2020: save the date – 19 a 21 de outubro – evento 100% online que irá debater temas contemporâneos, como: LGPD, Tesauro de Contas Nacional, Web Semântica e dados abertos interligados, desinformação e fake news e a atuação do profissional da informação; digitalização X documentos originais; gestão de documentos, além da troca de boas práticas.
  5. Publicações IRB (Coleção IRB-Fórum e RTTC): em breve o comitê lançará o edital para mais uma edição destas publicações.
  6. Aproximação com a Academia: o Comitê está elaborando uma lista de entidades que mantém banco de teses de mestrado e doutorado. A ideia do Comitê é elaborar um repositório de divulgação no site do IRB. Também buscam Universidades que possam aderir ao Portal IRB Conhecimento para divulgar suas capacitações online e gratuitas.

Para mais informações, acesse a página do Comitê aqui.

 

Reunião comitê TI

Na Sexta (10) ocorreu a 1ª Reunião do Comitê de Tecnologia dos Tribunais de Contas. A reunião online, promovida pelo Comitê de Tecnologia, Governança e Segurança da Informação dos Tribunais de Contas do Brasil do IRB, foi para Indicação de Representantes para Grupos de Trabalho de:

1 – INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL – Machine Learning, Deep Learning, Block Chain;

2 – ANÁLISE DE DADOS – Business Inteligence, Big Data, Analytics, Mineração;

3 – NEGÓCIOS – ACT com outros órgãos, Comunicação com atividade fim, Soluções para o Controle Externo;

4 – GOVERNANÇA E COMPLIANCE – Boas Práticas de TI, Governança de TI, Compliance;

5 – SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO – Política de Segurança, LGPD, Boas Práticas de SI

Acompanhe para mais novidades!

 

Divulgação dos aprovados para a pós de Controle de Políticas Públicas do ISC/TCU

Aconteceu

Em junho foi aberta a seleção para o Curso de Pós-graduação Lato Sensu do Instituto Serzedello Corrêa (TCU) de Especialização em Controle de Políticas Públicas⁠.

O Edital contava com 10 vagas destinadas a servidores dos Tribunais de Contas. O resultado sai hoje (10/07) ao final do dia.

 

 

 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Missão

“Promover a integração, o desenvolvimento e o aperfeiçoamento dos métodos e procedimentos de controle externo, aproximando instituições e sociedade, de modo a fortalecer ações que beneficiem a coletividade”

Visão

“Ser referência no conhecimento e na promoção da qualificação e da integração dos órgãos de controle externo”

Sede do IRB
  • Edifício ION. SGAN 601, Bloco H, Sala 71/73, Térreo – Asa Norte, Brasília – DF CEP: 70.830-018

Subsede – “Endereço para correspondências”
  • Tribunal de Contas do Estado do Paraná – Praça Nossa Senhora de Salette – S/Nº – Centro Cívico – Curitiba – Paraná / PR – CEP 80530-910 Brasil

Rolar para cima